Novembro Azul 2018 – Mês mundial de  prevenção ao câncer de próstata

Novembro Azul 2018 – Mês mundial de prevenção ao câncer de próstata

Homem que se cuida, garante uma vida longa e o sorriso de quem ama.

Novembro é o mês ao qual damos ênfase às ações de conscientização para as doenças masculinas, em especial à prevenção e diagnóstico precoce do câncer de próstata, então, a Real Guindastes abraça a campanha Novembro Azul, uma campanha mundial que busca chamar atenção aos riscos da doença, afinal, estamos sempre em busca de constante valorização da saúde e bem-estar de nossos colaboradores e familiares.

PORQUÊ O NOVEMBRO AZUL É IMPORTANTE?

Conforme alerta o Ministério da Saúde, até o fim de 2018, mais de 68 mil homens devem ser diagnosticados com câncer de próstata. 
Assim, o Novembro Azul existe para prevenir novos casos desse tumor, bem como fazer um diagnóstico precoce e garantir um tratamento de qualidade.

A prevenção ao câncer de próstata é extremamente importante, afinal, é o segundo tipo de câncer mais frequente em homens no Brasil, perdendo apenas para o câncer de pele. A doença pode avançar silenciosamente e, em alguns casos, nem representar riscos ao portador. Contudo, em determinadas situações ela avança rapidamente e se espalha para outros órgãos, podendo causar a morte.

gráfico de idades mostrando o percentual de incidência da doença

Imagem: IBGE

DIAGNÓSTICO DO CÂNCER DE PRÓSTATA

De acordo com o Ministério da Saúde, 90% dos casos ocorrem em homens com mais de 55 anos. Segundo especialistas, é extremamente importante que homens a partir dos 50 anos façam exames periódicos de toque retal e dosagem de uma proteína do sangue – PSA. Já aqueles que tem histórico familiar de câncer, esta recomendação cai para 40 anos.

Os exames de toque e dosagem de PSA por si só não fazem o diagnóstico, contudo, por meio deles o profissional de saúde pode solicitar outros exames que podem diagnosticar a doença e vários outros problemas.

Dessa forma, o diagnóstico precoce do câncer de próstata é a maneira mais eficiente de se alcançar um tratamento de qualidade ao paciente. Em boa parte dos casos o tratamento é eficiente. Algumas formas de tratamento para a doença são a cirurgia de remoção da próstata, radioterapia e quimioterapia.

 

ESTÁGIOS DA DOENÇA

Ao diagnosticar a doença, o profissional da saúde identifica o estágio que ela se apresenta no momento e desta forma direciona o tratamento mais adequado. Os estágios do câncer de próstata são classificados da seguinte maneira:

  • Estágio A: Tumor que não é visível e nem palpável ao toque;
  • Estágio B: Tumor dentro da próstata, palpável ao toque e visível em exames de imagem;
  • Estágio C: Tumor que atingiu as vesículas seminais e encontra-se próximo à próstata;
  • Estágio D: Tumor que atingiu outros órgãos e já existem metástases, podendo afetar a uretra, reto e bexiga, por exemplo.

 

GRUPOS DE RISCO

Alguns grupos de homens são mais suscetíveis à ocorrência da doença. Profissionais da saúde e especialistas apontam que, além da idade homens negros tem uma maior incidência da doença, podendo chegar a 50% de probabilidade de morte em relação a homens brancos. Já homens asiáticos, latinos / hispânicos tem uma menor propensão de ocorrência.

Outro fator de risco muito representativo é o histórico familiar: ter parentes de primeiro grau com diagnóstico de câncer de próstata aumenta em mais de 50% o risco do homem desenvolver a doença.

Fatores alimentares ainda são estudados, contudo, entende-se que uma alimentação rica em carne vermelha ou laticínios gordurosos incide em um aumento de riscos. Já a obesidade parece elevar o risco de um câncer de próstata mais agressivo, entretanto os motivos ainda são incertos.

A Prostatite (inflamação da próstata) também é uma doença que pode ser associada a um risco maior da doença. Contudo, pesquisas ainda estão sendo conduzidas sobre o tema.

homem camisa laranja e texto convidando a compartilhar noticias do novembro azul

Imagem: Ministério da Saúde

FIQUE ATENTO À ESTES SINTOMAS: 

• Dor óssea;
• Dores ao urinar;
• Vontade de urinar com frequência;
• Presença de sangue na urina e/ou no sêmen.

ALGUNS FATORES DE RISCO:

• Histórico familiar de câncer de próstata: pai, irmão e tio;
• Raça: homens negros sofrem maior incidência deste tipo de câncer;
• Obesidade.

 

O Novembro Azul é uma forma de alertar e conscientizar homens, familiares e toda a sociedade para os riscos desta grave doença. Abraçar a campanha é uma forma de valorizar a vida, sendo assim, não deixe de fazer sua parte e chamar a todos para participar do Novembro Azul.

Para outras informações, acesse a cartilha do Ministério da Saúde sobre prevenção ao câncer de próstata: https://bit.ly/2zYZt7J

 

NOTÍCIA RELACIONADA: Outubro Rosa 2018 – Real Guindastes

 

Fontes:

Dr. Ivan Rocha – Médico do Trabalho da Real Guindastes

Unimed-BH

Ministério da Saúde

INCA – Instituto Nacional de Câncer

Site Tua Saúde

Site Minha Vida

Site Oncoguia

IBGE

 

Conceito visual e texto: Charles C. Faria – Analista de Marketing – Real Guindastes – © 2018

 

 

 

Deixe seu comentário

Encontre a solução ideal para sua construção

Solicitar Orçamento